MEU HERÓI

Meu herói não tem cavalo branco nem barriga de tanquinho – ainda bem, porque eu acho branco uma cor muito da sem graça e de tanque eu quero distância, seja de que tipo for. O que ele tem é um carro preto, velho, mas anda no meu, ainda mais preto e mais velho, porque deixou o dele, mais confortável, pra mim. Ele não faz o mundo girar ao contrário nem o tempo voltar atrás, mas me conforta dizendo que, porque o mundo gira como gira, as coisas ruins vão passar, e elas passam mesmo. Meu herói não é mascarado nunca, não usa capa (ainda bem), collant (zeus me livre), cueca pra fora da calça (deo gratias) nem botinha vermelha (credo em cruz, pé de pato, mangalô 3x). Meu herói não é milionário, pelo contrário – olha a rima -: ganha seu dinheirinho honestamente, e como todos que assim o fazem, não ganha milhões, mas tudo o que ganha é usado pra deixar nossa casa e nossa vida mais gostosas. Tem funcionado. Meu herói não escala paredes, mas me envolve em sua rede e me balança sem fazer força; não fica verde, mas às vezes é meio imaturo, e eu bem que gosto. Meu herói não é besta: não dá murro em ponta de faca e não embarca em DR, mas me abraça quando eu choro, e quando eu estou me sentindo a última das criaturas, põe “aquela” música pra tocar e me tira pra dançar, mesmo sabendo que eu tenho o charme e o veneno de um cabo de vassoura de jacarandá. As mocinhas pedaçudas não suspiram pelo meu herói, mas crianças, cachorros, velhinhos e gatos, que reconhecem de longe um coração bom e tranquilo, são naturalmente atraídos para sua órbita e ronronam à luz e ao calor que ele emite. Ao contrário do que diz a Fal, meu herói não é um gênio (mas é brilhante, sim), bilionário, playboy nem filantropo, mas sempre que pode, e às vezes até quando não pode, porque ele não é de ferro, ajuda a quem precisa. Seus superpoderes não vão muito além de um abraço capaz de curar o choro mais sentido, de uma maravilhosa audição seletiva, da capacidade de dormir no meio de uma frase e de uma capacidade de perdão arrebatadora – e da surpreendente fé na humanidade, que consegue sobreviver a tudo, apesar de sua inteligência privilegiada. Mas são poderes mais do que suficientes pra salvar a minha vida, de várias formas diferentes, a cada dia, e sem esperar agradecimentos nem retribuição, com modéstia verdadeira. Elogie o moço e ele vai dar de ombros e dizer “ninguém é perfeito”. Não faz sentido, mas é o que ele diz quando não sabe o que dizer. O que talvez ele queira dizer, e não sabe como, é que pra ele isso não é mesmo nada demais, faz parte da sua natureza, ou que afinal, herói é pra essas coisas. 



Escrito por Cynthia às 03h24
[] [envie esta mensagem]



[ ver mensagens anteriores ]





Meu perfil
BRASIL, Mulher, de 46 a 55 anos, Portuguese, English, Cinema e vídeo, Livros


 


Histórico
01/08/2017 a 31/08/2017
01/05/2017 a 31/05/2017
01/02/2017 a 28/02/2017
01/01/2017 a 31/01/2017
01/11/2016 a 30/11/2016
01/09/2016 a 30/09/2016
01/06/2016 a 30/06/2016
01/05/2016 a 31/05/2016
01/04/2016 a 30/04/2016
01/02/2016 a 29/02/2016
01/11/2015 a 30/11/2015
01/09/2015 a 30/09/2015
01/08/2015 a 31/08/2015
01/07/2015 a 31/07/2015
01/06/2015 a 30/06/2015
01/03/2015 a 31/03/2015
01/11/2014 a 30/11/2014
01/10/2013 a 31/10/2013
01/09/2013 a 30/09/2013
01/05/2013 a 31/05/2013
01/02/2013 a 28/02/2013
01/10/2012 a 31/10/2012
01/08/2012 a 31/08/2012
01/07/2012 a 31/07/2012
01/05/2012 a 31/05/2012
01/02/2010 a 28/02/2010
01/01/2010 a 31/01/2010
01/12/2009 a 31/12/2009
01/09/2009 a 30/09/2009
01/07/2009 a 31/07/2009
01/06/2009 a 30/06/2009
01/05/2009 a 31/05/2009
01/04/2009 a 30/04/2009
01/03/2009 a 31/03/2009
01/02/2009 a 28/02/2009
01/01/2009 a 31/01/2009
01/12/2008 a 31/12/2008
01/11/2008 a 30/11/2008
01/10/2008 a 31/10/2008
01/09/2008 a 30/09/2008
01/08/2008 a 31/08/2008
01/07/2008 a 31/07/2008
01/06/2008 a 30/06/2008
01/05/2008 a 31/05/2008
01/04/2008 a 30/04/2008
01/03/2008 a 31/03/2008
01/02/2008 a 29/02/2008
01/01/2008 a 31/01/2008
01/12/2007 a 31/12/2007
01/11/2007 a 30/11/2007
01/10/2007 a 31/10/2007
01/09/2007 a 30/09/2007
01/08/2007 a 31/08/2007
01/07/2007 a 31/07/2007
01/06/2007 a 30/06/2007
01/05/2007 a 31/05/2007
01/04/2007 a 30/04/2007
01/03/2007 a 31/03/2007
01/02/2007 a 28/02/2007
01/01/2007 a 31/01/2007
01/12/2006 a 31/12/2006
01/11/2006 a 30/11/2006
01/10/2006 a 31/10/2006
01/09/2006 a 30/09/2006
01/08/2006 a 31/08/2006
01/07/2006 a 31/07/2006
01/06/2006 a 30/06/2006
01/05/2006 a 31/05/2006
01/04/2006 a 30/04/2006
01/03/2006 a 31/03/2006
01/02/2006 a 28/02/2006
01/01/2006 a 31/01/2006
01/12/2005 a 31/12/2005
01/11/2005 a 30/11/2005
01/10/2005 a 31/10/2005
01/09/2005 a 30/09/2005
01/08/2005 a 31/08/2005
01/07/2005 a 31/07/2005
01/06/2005 a 30/06/2005
01/05/2005 a 31/05/2005
01/04/2005 a 30/04/2005
01/03/2005 a 31/03/2005
01/02/2005 a 28/02/2005
01/01/2005 a 31/01/2005
01/12/2004 a 31/12/2004
01/11/2004 a 30/11/2004
01/10/2004 a 31/10/2004
01/09/2004 a 30/09/2004
01/08/2004 a 31/08/2004
01/07/2004 a 31/07/2004
01/06/2004 a 30/06/2004
01/05/2004 a 31/05/2004


Outros sites
Gatim Forever
Fal
Scarlet Cam
Crônicas Urbanas
Ma Helena & Chris
Smorgasblogs
Fridas
Marcio Gaspar
Avant dernière
Zeno & Pinto
Ratapulgo
Mau humor
Mme Mean (& Belly !)
Max
O Bagaço da Laranja
Inagaki
Solange
Jean Boechat
Rozzana
Malvados
Catarina (with a ghostwriting mum)
Yara
Milton Ribeiro

rmx, el pupo et al
Catarro Verde
Cláudia Lyra
Patty Diphusa
Blog da Xará
Dito assim
Hermenauta
Paula
Claudio Luiz
l.
Carla
He Is Evil
Edu
Kris
Lu
Renata
Idelber
Lola
Pausa
Sambambaia psicótica
Rubão
Beth
LuiGu
Tec
Silvana
Uh Baby
Celinho
Dalva
Carol
Reverberações
Adrina
Viking Zen
Deh
Zé da Goma
Bela
Calexico
Googa Alayon
Meg Marques
Nervocalm gotas
Non importa dove
Tati Perolada
Pedro
Jojo
Dra. Cristiane
Tuca
Pat Köhler
Marcos VP
Cyn City - The old town
BBC (Ivan Lessa)
Mutts
Post a secret
Cattoons
Orneryboy
Her !
Rose is Rose
Clientcopia
Comix w/o words
Cute (kids') games
AJUDE O INSTITUTO CISNE
Zé Simão







UOL
adopt your own virtual pet!