MEIO X MENSAGEM

ou FRASES DE PARADOXO

ou ainda ADESIVOS QUE NÃO COLAM

Quando o magnífico trânsito boianiense está empacado (leia-se “todo dia”), mas não o suficiente pra que se possa ler mais que duas linhas do livro que estiver habitando no momento meu banco do passageiro antes que algum príncipe da gentileza ou alguma oxigenada dama de raízes escuras se debruce sobre a buzina pra que eu acorde e ande os 50 cm que os separam da felicidade eterna, me divirto lendo os adesivos de pára-choque e/ou vidro traseiro dos carros à minha frente e observando a relação entre o que dizem – tanto os adesivos quanto os carros, e às vezes até os motoristas – e o que mostram. Nos últimos dias, colecionei as seguintes tentativas de desmentir Mc Luhan e seu célebre aforismo “O meio É a mensagem” :


  • Um adesivo de ONG ambientalista na traseira de uma monstruosa pick-up devoradora voraz de combustível fóssil e significativa produtora de dióxido de carbono
  • Um “Deus inventou o sexo seguro e o chamou de casamento” no vidro de uma lata velha conduzida por um lato velho que, aliança na mão esquerda, babava na gravata e falava gracinhas para as moças que atravessavam na faixa de pedestres
  • Um “O que fizerdes ao menor de meus irmãos, a mim mesmo o fizestes” com capítulo e versículo da bíblia no carrão que me fechou, avançou o sinal quase passando em cima do pé de um rapazinho e virou à esquerda sem acionar o pisca-alerta
  • Uma logomarca de academia de ginástica no carro 2.0 dirigido por um obeso fumante
  • Um romântico “Aqui só entra avião”, reforçado por um desenho tosco de uma gostosona lasciva num Escort envenenado levado por um mocréio horroroso
  • Um “não me inveje, trabalhe”, num caminhãozinho cambaio, imundo e corroído de ferrugem
  • Um “Anna Paula e Luckas, meus tesouros” num carro popular que chegava a tremer com os gritos que a mãe (suponho) dava e com o deslocamento de ar provocado por suas tentativas de tapas nos tesourinhos pulando e berrando no banco de trás
  • Uma balancinha da justiça e um adesivo da OAB num carrão estacionado na esquina, parcialmente em cima da faixa de pedestre e a uns bons 40 cm da calçada
  • Um terço católico com a efígie de Maria no centro, convivendo harmonicamente (?) no espaço acima do pára-choque da station-wagon com a cara ultra-detalhista e hiper-arreganhada de um pitbull salivante de uma academia de jiu-jitsu
  • Uma logo de salão com o slogan “Porque beleza não tem hora” na Eco Sport cuja motorista usava bobes do tamanho de canos de esgoto.


A diversão não acaba, mas confesso que diminuiu bastante quando me lembrei que no meu próprio carro, no vidro traseiro, quase escondido pelo limpador de pára-brisas, mas ainda visível, estava o adesivo com o logo da empresa (já fechada) de uma amiga minha, que ainda não tirei porque, além de lindo, foi criado por um grande e talentoso amigo. O problema não é a empresa estar fechada, mas sim o fato de que o nome dela não merece estar associado à minha pessoa. É que por mais que eu goste de pensar que sim, minha história remota e recente, bem como meu saldo bancário mostram que eu sou tudo menos “Smart”. Oh well. Parece que eu podia ter colocado ainda mais um título alternativo neste post, afinal. Algo tipo “Macaca sentada sobre o próprio rabo fala mal do rabo alheio.” Uh, uh.

 

 



Escrito por Cynthia às 21h15
[] [envie esta mensagem]



AMPLIANDO A VOZ DOS INTELIGENTES

 

Não há mesmo nada tão horrível que não possa ser piorado por algum fanático (ou hipócrita, ou as duas coisas) filho da puta dizendo às pessoas que sofrem, enquanto sofrem, que a culpa da tragédia que acaba de acontecer é delas, unicamente por não acreditarem no que ele (o fanático hipócrita) acredita - ou acha que todo mundo deveria acreditar. Por isso achei oportuno traduzir, pra quem ainda não tiver ouvido falar nisso, ou não domine o inglês, a resposta que uma leitora do jornal Star-Tribune, de Minneapolis, nos Estados Unidos, deu ao tele-evangelista Pat Robertson, que atribuiu a culpa do terremoto no Haiti aos haitianos, por terem supostamente feito um pacto com o demo. Isso mesmo, ele afirma que a nação inteira foi pra encruzilhada e firmou contrato com o coisa-ruim. Li a carta aqui, e traduzi tanto o que ela dizia quanto o prólogo do blogueiro que a publicou. Devo registrar que, na minha versão da carta satânica, tomei algumas (bem poucas) liberdades com o estilo, só pra dar um caráter mais bem-humorado e informal. Afinal, tenho certeza de que o diabo, se houver, deve ser muito mais íntimo do reverendo Robertson do que dos milhares de pobres vítimas do terremoto no Haiti.

 

 

 

O jornal Minneapolis Star-Tribune publicou uma carta de Satã para o pastor Pat Robertson, em resposta ao seu comentário afirmando que os vários problemas do Haiti, incluindo o terremoto, seriam resultado de um pacto que o país teria feito com o demônio. Na verdade, não foi Satã quem escreveu a carta, mas sim Lilly Coyle, de Minneapolis, que a escreveu  como se fosse o chefe do inferno. Acho que ela se saiu muito bem. E você ?

 

 

Querido Pat Robertson,

 

Eu sei que você sabe que qualquer publicidade é boa publicidade, então deixe-me dizer, antes de qualquer outra coisa, que eu apreciei o comercial. E você fez Deus parecer um babaca cruel, que chuta as pessoas quando elas já estão no chão, então achei bem legal.

Mas quando você diz que o Haiti fez um pacto comigo, aí a coisa muda de figura : fica totalmente humilhante pra mim. Eu posso ser a encarnação do Mal, mas não sou nenhum moleque. Do jeito que você colocou a coisa, ficou parecendo que um pacto comigo deixa as pessoas desesperadas e empobrecidas. Tá bom, claro que deixa, mas só no além. É bom lembrar que quando eu faço um trato com as pessoas, primeiro elas ganham alguma coisa aqui na Terra : glamour, beleza, talento, dinheiro, fama, glória, um violino de ouro. Os haitianos não têm nada, e eu quero dizer nada mesmo. E já não tinham desde antes do terremoto. Você nunca assistiu a “Crossroads” ? Ou “Malditos Yankees” ? Se eu tivesse algum negócio rolando com o Haiti, pode acreditar que eles teriam montes de bancos, arranha-céus, SUVs, boates exclusivas, botox – esse tipo de coisa. Um índice de pobreza de 80% não é meu estilo, não mesmo. Nada contra, só estou dizendo : não é assim que eu trabalho.

Você vem fazendo um excelente trabalho, Pat, e eu não quero cortar suas asinhas, mas peraí, assim você me deixa mal na foto. E não quero dizer “mal” do jeito bom. Continue culpando Deus, tudo bem. Isso funciona. Mas me deixe fora disso, por favor. Do contrário, posso ser obrigado a rever seu contrato comigo.

Boa sorte

 

Satã.

LILY COYLE, MINNEAPOLIS

 

É isso aí, Lilly Coyle. Sua carta deveria ser publicada no mundo todo, e pregada na testa do tal Robertson com supercola. Seria o correspondente ao aviso na lateral dos maços de cigarro e na frente dos tambores de lixo nuclear e das latinhas de veneno pra rato. Pode até ser que não funcionasse pra manter os menos intelectualmente dotados longe da mente e da língua tóxicas desse tipo de gente. Mas pelo menos já deixava todo mundo avisado.

 



Escrito por Cynthia às 18h24
[] [envie esta mensagem]



[ ver mensagens anteriores ]





Meu perfil
BRASIL, Mulher, de 46 a 55 anos, Portuguese, English, Cinema e vídeo, Livros


 


Histórico
01/08/2017 a 31/08/2017
01/05/2017 a 31/05/2017
01/02/2017 a 28/02/2017
01/01/2017 a 31/01/2017
01/11/2016 a 30/11/2016
01/09/2016 a 30/09/2016
01/06/2016 a 30/06/2016
01/05/2016 a 31/05/2016
01/04/2016 a 30/04/2016
01/02/2016 a 29/02/2016
01/11/2015 a 30/11/2015
01/09/2015 a 30/09/2015
01/08/2015 a 31/08/2015
01/07/2015 a 31/07/2015
01/06/2015 a 30/06/2015
01/03/2015 a 31/03/2015
01/11/2014 a 30/11/2014
01/10/2013 a 31/10/2013
01/09/2013 a 30/09/2013
01/05/2013 a 31/05/2013
01/02/2013 a 28/02/2013
01/10/2012 a 31/10/2012
01/08/2012 a 31/08/2012
01/07/2012 a 31/07/2012
01/05/2012 a 31/05/2012
01/02/2010 a 28/02/2010
01/01/2010 a 31/01/2010
01/12/2009 a 31/12/2009
01/09/2009 a 30/09/2009
01/07/2009 a 31/07/2009
01/06/2009 a 30/06/2009
01/05/2009 a 31/05/2009
01/04/2009 a 30/04/2009
01/03/2009 a 31/03/2009
01/02/2009 a 28/02/2009
01/01/2009 a 31/01/2009
01/12/2008 a 31/12/2008
01/11/2008 a 30/11/2008
01/10/2008 a 31/10/2008
01/09/2008 a 30/09/2008
01/08/2008 a 31/08/2008
01/07/2008 a 31/07/2008
01/06/2008 a 30/06/2008
01/05/2008 a 31/05/2008
01/04/2008 a 30/04/2008
01/03/2008 a 31/03/2008
01/02/2008 a 29/02/2008
01/01/2008 a 31/01/2008
01/12/2007 a 31/12/2007
01/11/2007 a 30/11/2007
01/10/2007 a 31/10/2007
01/09/2007 a 30/09/2007
01/08/2007 a 31/08/2007
01/07/2007 a 31/07/2007
01/06/2007 a 30/06/2007
01/05/2007 a 31/05/2007
01/04/2007 a 30/04/2007
01/03/2007 a 31/03/2007
01/02/2007 a 28/02/2007
01/01/2007 a 31/01/2007
01/12/2006 a 31/12/2006
01/11/2006 a 30/11/2006
01/10/2006 a 31/10/2006
01/09/2006 a 30/09/2006
01/08/2006 a 31/08/2006
01/07/2006 a 31/07/2006
01/06/2006 a 30/06/2006
01/05/2006 a 31/05/2006
01/04/2006 a 30/04/2006
01/03/2006 a 31/03/2006
01/02/2006 a 28/02/2006
01/01/2006 a 31/01/2006
01/12/2005 a 31/12/2005
01/11/2005 a 30/11/2005
01/10/2005 a 31/10/2005
01/09/2005 a 30/09/2005
01/08/2005 a 31/08/2005
01/07/2005 a 31/07/2005
01/06/2005 a 30/06/2005
01/05/2005 a 31/05/2005
01/04/2005 a 30/04/2005
01/03/2005 a 31/03/2005
01/02/2005 a 28/02/2005
01/01/2005 a 31/01/2005
01/12/2004 a 31/12/2004
01/11/2004 a 30/11/2004
01/10/2004 a 31/10/2004
01/09/2004 a 30/09/2004
01/08/2004 a 31/08/2004
01/07/2004 a 31/07/2004
01/06/2004 a 30/06/2004
01/05/2004 a 31/05/2004


Outros sites
Gatim Forever
Fal
Scarlet Cam
Crônicas Urbanas
Ma Helena & Chris
Smorgasblogs
Fridas
Marcio Gaspar
Avant dernière
Zeno & Pinto
Ratapulgo
Mau humor
Mme Mean (& Belly !)
Max
O Bagaço da Laranja
Inagaki
Solange
Jean Boechat
Rozzana
Malvados
Catarina (with a ghostwriting mum)
Yara
Milton Ribeiro

rmx, el pupo et al
Catarro Verde
Cláudia Lyra
Patty Diphusa
Blog da Xará
Dito assim
Hermenauta
Paula
Claudio Luiz
l.
Carla
He Is Evil
Edu
Kris
Lu
Renata
Idelber
Lola
Pausa
Sambambaia psicótica
Rubão
Beth
LuiGu
Tec
Silvana
Uh Baby
Celinho
Dalva
Carol
Reverberações
Adrina
Viking Zen
Deh
Zé da Goma
Bela
Calexico
Googa Alayon
Meg Marques
Nervocalm gotas
Non importa dove
Tati Perolada
Pedro
Jojo
Dra. Cristiane
Tuca
Pat Köhler
Marcos VP
Cyn City - The old town
BBC (Ivan Lessa)
Mutts
Post a secret
Cattoons
Orneryboy
Her !
Rose is Rose
Clientcopia
Comix w/o words
Cute (kids') games
AJUDE O INSTITUTO CISNE
Zé Simão







UOL
adopt your own virtual pet!